segunda-feira, 5 de maio de 2014

Organizada: EU!?!??!!!!

Esta semana uma amiga postou no facebook que usando uma dica que dei,  organizou os tecidos dela.

E fiquei matutando...Quem diria!

Quem me conhece sabe: EU NÃO SOU ORGANIZADA!
Pergunte para a minha mãe, para as coitadas que dividiram o ap comigo na faculdade, para o meu marido, para meus tios que me conhecem pelos astros. Todos eles dirão a mesma coisa:  Denise e organização não aparecem na mesma frase...

Não ERA organizada cara pálida!
Você pode ter nascido sem nenhum astro em organização, mas a gente pode mudar! A vida está aí para isso!
Não tenho a pretensão de ser a rainha de armário! Essa é a minha mãe (com toalhas todas dobradinhas por igual, pilhas perfeitas...)!
Mas ano passado fui em um treinamento no Chile. E algo aconteceu quando cruzei a Cordilheira dos Andes !

Faz muita diferença se organizar. A gente não perde a tesoura, economiza material pois não compra repetido (ter mais de uma tesoura é outra coisa...) e não se sente numa pilha sem sentido.

Como diz minha amiga Celina: Atelie muito arrumado é que não está acontecendo nada!
É verdade. Mas hoje conheço meu limite de bagunça...





Eu arrumo assim: os maiores em pilhas por cores. Separo os de Natal, xadrez e paineis. Não sei porque, mas separo.
Os fat quarters ficam em gavetas, dobradinhos como em loja também por cores. Na verdade tenho dois grupos que moram separados: frutas, legumes etc, e vários que sonho em fazer uma estrela..
As tiras ficam em gavetas também por cores. Ano passado uma santa criatura chamada Eloisa colocou tudo em ordem...ficou lindo. Volta Elô!!!!!!
Os pedaços que não encaixam em nada ficam em sacos tipo zip que tiro o ar para caber mais na gaveta!!!
As tirinhas menores ainda, que uso para enfeitar embrulhos e coisas assim, ficam em uma cesta.
Tem funcionado bem assim. Quer dizer: olhem as fotos! tudo virado, pedindo para eu achar um tempo para arrumar ! Mas entre arrumar gavetas e costurar meu quilt para o festival de Curitiba...Fecho a porta do armário e sigo em frente...
De vez em quando tem mais coisa para fora que para dentro, e depois de feiras é uma desgraça conseguir colocar tudo em ordem mas isso é outro problema...
Os UFOs ficam pendurados em cabides ou em saquinhos separados um a um.

Mas isso sou eu. Funciona para mim por conta do armário que tenho. Cada uma pensa e sente de um jeito. E isso é uma coisa ótima em quilt. Cada uma usa seu próprio esquema. Tem gente que enrola os tecidos, separa por temas, já guarda tudo cortado em tiras de larguras determinadas. O seu não invalida o meu. A sua verdade não transforma a minha em mentira.

Mas agora eu descobri que minhas fotos estão desorganizadas! Não consegui achar nenhuma foto da Labuca em ordem!!!!
E tem muitas vezes que está um brinco!
OK, todo mundo se espanta quando entra e está totalmente arrumado...

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Começar de Novo!

Parece letra de música!
Mas acredito que é assim na vida...
Tanta água passou por debaixo da ponte de 2009 para hoje. Mudei de estado. Aprendi um milhão de coisas. Desaprendi outras tantas.

Mas o Clube Bernina continua!

Esse ano com outra dinâmica. Cada semana temos um assunto.
Na primeira são UFOs.
Cada uma traz o que quiser para terminar. De modo geral, é algo que começamos em algum clube.

Na segunda semana o assunto é Bordado!
Sim. O que era um sonho virou realidade. Montei um Clube de Bordado.
Comecei com o módulo, Ec-PC, Art Design, como comprar via internet, como salvar no computador.
Minha querida amiga Juliana Vermelho se sentiria orgulhosa de me ver ajudando alguém com computador. Logo eu que pastei para aprender a passar um e-mail!
Hoje já temos associadas com Deco também.

Na terceira semana temos Clube de Cutwork. Como no de bordado, andamos passo a passo, desvendando a maravilha, e o trabalho de programar.

E na quarta chego aonde tudo começou: Calcadores.
De 2009 para cá passei se não por todos foi por quase. Circular, bainha aberta, BSR, # 12, #21, #30, #43, #39, #23. Falamos de tudo. Agulha dupla, Needle Punch, colocador de viés!

Foi um aprendizado e tanto.
Hoje o clube tem sede fora da minha casa (
tá certo que meu quintal era o máximo...), temos entretelas, mantas, linhas e a partir de hoje bordados!
Agora entrando no site www.embdesignstudio.com e clicando em Brasil, quem aparece lá sou eu!

Funciona normalmente como quando se compra pela internet. Faz um cadastro, escolhe seus bordados, paga com seu cartão, faz o download no seu computador. Mas tem um apoio aqui.
Estou gostando muito de bordar. Abre um mundo de possibilidades.

Por tudo isso, resolvi reativar este blog. Concentrar as informações em um lugar só. Deixar registro do que faço. Organizar os pensamentos e portanto minhas ações. Aprender a mexer melhor com o computador, passar fotos daqui pra lá, descobrir mais sobre essa avalanche de mídias sociais. Qual funciona como.
Criar um ponto de encontro virtual. Pois o físico já temos: no Clube. Que tem café todo dia às 10:30 horas.

Abraços
Denise

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Mais sobre o clube

Essa é a Mari com o resultado do primeiro encontro do Clube!

 Hoje teve a rodada 2 do Clube Benina.  Estou realmente gostando dessa estória. Eu aprendo um monte de coisas.
 Cada pessoa traz uma perspectiva nova sobre a máquina e sobre a vida em geral. Isso é uma das coisas da qual sinto falta do tempo em que trabalhava fora de casa. Para quem não sabe eu trabalhei como fisio por 15 anos, e quem já fez fisio sabe: a gente fala sobre tudo enquanto faz exercícios...
 Mas hoje o assunto foi da limpeza ( hoje chegamos a sentir a máquina respirar aliviada depois que a limpei...) até levar ou não a nossa máquina nas aulas.
 Eu sempre levei. Desde que começei a ter aulas em 2000 ,e usava a Singer que minha sogra me deu ( e é uma Facilita daquelas de ferro) . Por vários motivos. Eu não tenho que ficar esperando para costurar. Eu garanto que ela está limpa e em ordem. Que a agulha está boa, E mais do que tudo eu aprendo mais sobre a minha própria máquina. Cada uma delas faz um barulho diferente. Se a  gente usa outra, como vamos aprender sobre a nossa? Em Miami eu também levava e olha que no segundo ano que eu estava lá  a loja disponibilizava um modelo superior a que eu tinha, mas eu adoro minha velha Virtuosa ( saiu de linha mas eu não vendo e não troco por nada). Eu não sei se os donos das lojas se ofendem com isso, mas até que alguem me proiba eu levo. e levo também meu mat e meu cortador. Cortador de loja sempre é de chorar ( lá fora também). Ponho meu nome em tudo. Do pedal ao desmanchador.

 Proximo mês o projeto muda. A idéia é fazer outra almofada ( quem não quiser pode virar um panô) para usar o BSR ( para os modelos que vem ), treinar quilt livre, o walking foot, e um pé novo. Tem um que recobre o cordonet para colocar como acabamento da almofada que é uma beleza. Para quem fizer a almofada ,pretendo fazer o fechamento com zíper para aprender a usar o bendito pé que já vem com ela. Dessa vez o pessoal que tem outros modelos vai poder participar!

Fora o fato de aprender mais a mexer no computador...a gente só aprende quando precisa. E graças à minha amiga Juliana, que me ensinou a passar e-mails, agora vou ficar craque em pegar fotos de um lado ,colocar para o outro, e outras coisas mais....

domingo, 25 de outubro de 2009

Clube Bernina

  Semana passada começei um clube. A idéia é aprender mais sobre a Bernina e tudo o que ela pode ajudar a gente  a criar.  Descobri que muitas pessoas que tem Berninas não sabem usar vários dos acessórios que vem com elas e outros tantos que a marca oferece. E eles são muitos e bárbaros.
  Então fiz uma almofada para  usar de desculpa para falar de limpeza, como colocar fio, agulhas, casa de botão automática, pregar botões e muitas outras coisas. Montei uma apostila e coloquei numa pasta ( que foi gentilmente patrocinada pela Grimondi que vai ficar cheia de instruções, dicas e idéias.    
  Muitas idéias na cabeça e muita vontade de ter aqui o que tinha em Miami. Podemos estar perto do fim do ano, mas estou no começo de uma grande aventura. Todos estão convidados. As que tem Berninas (seja que modelo for), e as que não tem podem vir dar uma olhada e começar a fazer os planos para ter uma.